Saia do sedentarismo: USP oferece atividades esportivas nas férias

Saia do sedentarismo: USP oferece atividades esportivas nas férias

O Cepeusp (Centro de Práticas Esportivas da USP) oferece diversas atividades esportivas durante o Verão e época de férias escolares. A proposta é incentivar o público a frequentar o local, atrair novos alunos e dar continuidade às atividades desenvolvidas durante o semestre.

As inscrições começam no dia 14 de janeiro e devem ser feitas exclusivamente pelo site do Cepeusp. As aulas serão realizadas entre 15 de janeiro e 15 de fevereiro e são abertas a todos, sem a necessidade de pertencer à comunidade USP.

Os interessados devem preencher o perfil no site e anexar o atestado médico para validação, além do exame dermatológico para os cursos que são realizados no Conjunto Aquático (piscinas). A programação completa de cursos e horários pode ser acessada aqui e vale ficar atento a algumas modalidades que exigem conhecimento prévio.

O endereço do Cepeusp é Praça 2, Prof. Rubião Meira, 61, Cidade Universitária, São Paulo. Mais informações podem ser obtidas na sala 8 do velódromo, de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 16h30, ou pelo telefone (11) 3091-3361.

Saia do sedentarismo

Para Victor Matsudo, coordenador do Programa Agita São Paulo e diretor-científico do CELAFICS (Centro de Estudos do Laboratório de Aptidão Física de São Caetano do Sul), o sedentarismo “aumenta a chance das diferentes causas de câncer, em especial o de mama”. “Pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias reduz em 50% o risco de morte por câncer de mama”, aponta Matsudo.

Para ele, nenhuma atividade física precisa ser feita com intensidade, apenas com regularidade. “Não é preciso pedalar forte, apenas procure manter o ritmo da pedalada”, explica ele.

“Os exercícios físicos podem combater a obesidade e auxiliam no equilíbrio hormonal, dois fatores de risco para o desenvolvimento de câncer, além de serem importantes na recuperação e reabilitação dos pacientes oncológicos, por assumirem um impacto positivo sobre corpo e mente”, comenta o oncologista e diretor geral da unidade, Paulo Hoff.

COMENTÁRIOS