Saiba como funciona a Fundação Pró-Sangue nos feriados

Saiba como funciona a Fundação Pró-Sangue nos feriados

Entre os dias 15 e 20 de novembro há dois feriados prolongados conectados (o Dia Proclamação da República e o Dia da Consciência Negra), o que acaba comprometendo a doação de sangue, uma vez que o atendimento das unidades sofre algumas alterações.
Confira como fica o funcionamento dos postos nos feriados e respectivas emendas. Para mais informações, ligue para o Alô Pró-Sangue: 4573-7800.

ATENDIMENTO NO FERIADO
15 de novembro, quinta-feira (Proclamação da República)
Posto Clínicas: das 8 às 17 horas
Posto Barueri: das 8 às 16 horas
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: fechado
Posto Osasco: fechado
16 de novembro, sexta-feira (emenda)
Posto Clínicas: das 8 às 17 horas
Posto Barueri: fechado
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: das 8 às 16h30
Posto Osasco: das 8 às 16h30
17 de novembro, sábado
Posto Clínicas: das 8 às 17 horas*
Posto Barueri: fechado
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: fechado
Posto Osasco: das 8 às 16 horas
(*o atendimento é limitado para 500 candidatos e após atingir esse número, o cadastro é encerrado)
18 de novembro, domingo
Posto Clínicas: fechado
Posto Barueri: fechado
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: fechado
Posto Osasco: fechado
19 de novembro, segunda-feira (emenda)
Posto Clínicas: das 8 às 17 horas
Posto Barueri: fechado
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: das 8 às 16h30
Posto Osasco: das 8 às 16h30
20 de novembro, terça-feira (Consciência Negra)
Posto Clínicas: das 8 às 17 horas
Posto Barueri: fechado
Posto Dante: fechado
Posto Mandaqui: fechado
Posto Osasco: fechado

Procedimento para doar

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, comparecer alimentado ao posto de coleta, ter entre 16 e 69 anos (menores devem consultar site Secretaria da Saúde e maiores de 60 anos devem ter doado ao menos uma vez antes de completar a idade), pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

“É importante que as pessoas que moram perto de hemonúcleos e bancos de sangue procurem estas unidades para a doação. O sangue e as plaquetas são essenciais para os atendimentos de urgência e emergência”, explica Dante Langhi, diretor da Hemorrede.

É recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação.

Outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem, no dia da doação. Para tanto, basta acessar o site da secretaria de Estado da Saúde e consultar os pré-requisitos de doação.

Segundo Sandra Montebello, médica da Fundação Pró-Sangue, o alerta para o risco de faltar sangue é constante e independe do atual momento acarretado pela greve. “Crises econômicas em geral afetam o funcionamento do banco. Pessoas não querem faltar ao trabalho e, muitas vezes, não têm dinheiro nem mesmo para o transporte até o hemocentro mais próximo. E se os níveis de estoque baixam ainda mais, a situação poderá ficar preocupante”.

COMENTÁRIOS