Saiba como lidar com o estresse no período do vestibular

Saiba como lidar com o estresse no período do vestibular

Durante o período que antecede o vestibular, muitos candidatos acabam sofrendo com o estresse causado por diversos fatores. Dentre todos os obstáculos da adolescência como amor, amizade, dúvida, mudança, o vestibular é um dos mais temidos.

Nesta época de preparação, são muitos os casos em que escola e família identificam estudantes agressivos, angustiados ou deprimidos. Para os candidatos que fazem severas privações, distúrbios de humor e de sono também são frequentes. “Normalmente eu consigo controlar as minhas emoções, mas quando penso em vestibular, me dá um frio na barriga, uma angustia”, relata o aluno Ivo Eduardo Assis Ruiz, de 17 anos.

Alguns dos fatores mais conhecidos para o estresse durante o vestibular são:

  • Abdicação dos períodos de lazer;
  • Conflitos naturais da adolescência;
  • Responsabilidade para tomar decisões;
  • Pressão pessoal, social e no ambiente familiar;
  • Intensa rotina de estudos;
  • Forte clima de competição com outros estudantes.

Segundo a Dra. Mariangela Savoia, psicóloga e psicoterapeuta do Programa de Ansiedade do Instituto de Psiquiatria (IPq) do HCFMUSP, as causas do estresse são comuns, mas precisam de atenção redobrada. “Os agentes estressores ligados ao vestibular estão presentes na vida de quase todos os candidatos, mas a forma como cada um lida com eles é que pode causar ou não problemas”, afirma.

Além da saúde emocional, saber controlar o estresse durante o período do vestibular pode ser decisivo para a aprovação do candidato, além de influenciar positivamente nos estudos e atividades do dia-a-dia. “O vestibulando deve ter consciência de que faz o melhor possível. Esse trabalho cognitivo pode ser mais importante do que técnicas de relaxamento”, afirma Savoia.

Para a professora Alline Campos, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP,  é necessário também entender e saber diferenciar o estresse, a depressão e a ansiedade. “Estresse é uma coisa que vivemos e estamos expostos a todo tempo; a ansiedade é uma doença grave relacionada com o futuro, a pessoa sempre sente receio em tudo o que vai fazer. Já a depressão está relacionada ao passado, algo que é um peso; a pessoa se sente deprimida, incapaz de expressar seu sentimento e com medo de lidar com certas situações”, afirma em entrevista ao Jornal da USP.

Veja abaixo, algumas dicas da Dra. Mariangela Savoia para o controle do estresse durante o período do vestibular:

  1. Adote uma alimentação balanceada: Evite alimentos gordurosos e abuse de verduras, frutas e legumes. Beba muito líquido ao longo do dia;
  2. Pratique exercícios físicos: A atividade física controla a ansiedade e aumenta a auto-estima. 30 minutos, três vezes por semana, já é o suficiente;
  3. Cuide de sua saúde: A saúde deve estar em ordem para aguentar as pressões do dia-a-dia. Se algo não vai bem, procure logo um especialista;
  4. Seja mais otimista: Busque as atividades que lhe dão prazer e viva intensamente os momentos de alegria;
  5. Pense de maneira positiva: Procure não adotar um comportamento passivo e uma postura de vítima.
  6. Tenha autodisciplina: Organize seus compromissos de acordo com a sua disponibilidade, reservando espaço para a família, amigos e lazer.
  7. Cultive amigos: Um ombro amigo vale para dividir as alegrias e tristezas e compartilhar momentos especiais;
  8. Respire corretamente: Faça uma pausa de cinco minutos durante o dia e concentre-se na sua respiração. Inspire lenta e profundamente e expire todo
    o ar dos pulmões. Quando sentir ansiedade e nervosismo, pratique este exercício;
  9. Durma bem: O sono é essencial para a saúde, recarregando as energias e o bom humor. Mantenha horários regulares e tente dormir cada vez mais;
  10. Divirta-se: Ir ao cinema, ler, cuidar do jardim, passear com o cachorro… o riso e a distração são importantes meios de prevenção do estresse

COMENTÁRIOS