Saúde de SP repassa R$ 2,5 milhões para o município de Cubatão

Saúde de SP repassa R$ 2,5 milhões para o município de Cubatão

O Governador João Doria e o Secretário-Executivo da Saúde, Alberto Kanamura, anunciaram nesta quarta-feira (18) o repasse de R$ 2,5 milhões para o município de Cubatão investir no atendimento a pacientes com câncer na Baixada Santista.

O valor, a ser pago em quatro parcelas, será investido no custeio do novo serviço de oncologia clínica e cirúrgica no Hospital Municipal de Cubatão, com atendimento nas especialidades em cirurgia em cabeça e pescoço, nefrologia, urologia e uma unidade ambulatorial de terapia renal substitutiva para usuários do SUS que residem na Baixada.

Os casos serão direcionados ao serviço de referência por meio das equipes de regulação regional e municipal. “Estamos realizando diversos repasses de recursos para a Baixada Santista e não poderia faltar verba para a saúde. Este governo preza pela gestão pública de qualidade e, em áreas prioritárias como a saúde, a eficiência é primordial”, salientou Doria.

O recurso poderá ser aplicado na aquisição de materiais de consumo, prestação de serviços médicos e contratação de equipe especializada, contemplando áreas de enfermagem, nutrição, psicologia, fonoaudiologia, fisioterapia e assistência social.

“Este recurso é um importante investimento para reforçar os atendimentos oncológicos da região e representa o compromisso do Governo do Estado no fortalecimento da assistência de média e alta complexidade”, afirmou Alberto Kanamura.

Investimentos

O repasse a Cubatão está entre uma série de recursos de São Paulo destinados para serviços de saúde na Baixada Santista em 2019. Em julho, por exemplo, o Governo do Estado anunciou investimento de R$ 29,2 milhões para retomada das obras dos hospitais municipais de Peruíbe e Bertioga, sob responsabilidade das prefeituras.

Para Peruíbe, serão destinados R$ 18,1 milhões para a conclusão do novo hospital, que ofertará 58 leitos a mais ao Sistema Único de Saúde (SUS) regional. Os outros R$ 11,1 milhões serão aplicados no término do Hospital Municipal de Bertioga, onde 103 leitos serão implantados.

Outro investimento totaliza R$ 7,4 milhões para obras de modernização e ampliação do Hospital Guilherme Álvaro, em Santos. O centro de parto normal será reformado, assim como a cobertura do pavilhão onde funcionam laboratório de imagem, centro cirúrgico, clínica obstétrica e cirúrgica, pediatria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal.

As obras devem ser concluídas até o fim de 2020. Também serão comprados novos equipamentos hospitalares para a UTI, um arco cirúrgico e geradores de energia.

COMENTÁRIOS