Saúde e Corinthians promovem mutirão de coleta de sangue no ‘Itaquerão’

Expectativa é coletar 1,3 mil bolsas e ajudar a reforçar o estoque para este final de ano

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e o Sport Club Corinthians Paulista vão transformar o “Itaquerão” em um grande posto volante de coleta de sangue  nesta sexta-feira e sábado, 18 e 19 de dezembro, das 9h às 16h. A meta é coletar 1.290 bolsas de sangue.

A iniciativa pretende garantir o abastecimento dos estoques dos bancos de sangue, que costumam receber maior demanda no período de festividades, como Natal e Réveillon.

O mutirão contará com a participação da Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue), Fundação Pró-Sangue, Banco de Sangue Paulista, Biotec Hemoterapia e o do Banco de Sangue do Hospital Sírio Libanês. Mais de 200 colaboradores serão mobilizados para o evento na Arena, que visa coletar o dobro de bolsas em 2015, em comparação à ação realizada no ano passado.

Para participar da ação, foi necessário se cadastrar previamente no site www.arena.sanguecorinthiano.com.br, disponível entre 7 a 13 de dezembro.

Para garantir a coleta do limite de bolsas sem que haja prejuízo por eventuais ausências, foram chamados 1.500 candidatos. A expectativa é que o estádio receba cerca de mil visitantes por dia, incluindo acompanhantes. Os interessados que não puderem realizar a doação na Arena Corinthians nos dias programados serão convidados pelo clube a procurar outros postos de coleta.

No dia da doação, é fundamental que o participante porte documento original com foto, apresente boas condições de saúde, pese no mínimo 50 kg, esteja descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas que precede a doação) e tenha se alimentado (evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação).

No momento, os bancos de sangue do Estado de São Paulo estão estáveis, mas em feriados costuma haver aumento de demanda por transfusões nos hospitais, em razão de acidentes, com consequente baixa nos estoques.

Como doar

Doações de sangue podem ser feitas por qualquer pessoa saudável, com idade entre 16 e 69 anos, peso acima de 50 quilos, com qualquer fator sanguíneo. O tipo “O negativo” é o menos ofertado e também o mais utilizado, por ser universal.

Para doar, basta comparecer a um dos 120 postos de coleta, hemonúcleos ou hemocentros espalhados pelo estado, munidos de documento original com foto. É preciso estar bem alimentado e evitar tanto a ingestão de comida gordurosa nas quatro horas que antecedam a doação, quanto o consumo de bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta.

Na ocasião, é realizado um teste rápido de anemia, além da verificação dos sinais vitais e do peso. Na sequência, ocorre uma triagem clínica por meio de entrevista confidencial sobre o estado de saúde, para evitar riscos ao doador e ao receptor.

A relação de pontos de coleta do Estado e outras informações sobre o assunto estão disponíveis no site da Secretaria: www.saude.sp.gov.br/doesangue.

COMENTÁRIOS