Saúde e ‘Timão’ promovem mutirão de coleta de sangue na Arena Corinthians

Saúde e ‘Timão’ promovem mutirão de coleta de sangue na Arena Corinthians

Expectativa é coletar 1,5 mil bolsas e ajudar a reforçar o estoque para este final de ano

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, em parceria com o Sport Club Corinthians Paulista, promovem mutirão de coleta de sangue nesta sexta-feira e sábado, 16 e 17 de dezembro, na Arena Corinthians. A meta da campanha é coletar 1,5 mil bolsas de sangue.

Visando garantir o abastecimento dos estoques dos bancos de sangue – que costumam receber maior demanda no período de festividades, como Natal e Réveillon – a iniciativa contará com mais de 200 colaboradores e, também, com a participação de entidades como a Colsan (Associação Beneficente de Coleta de Sangue), Fundação Pró-Sangue, Banco de Sangue Paulista, Biotec Hemoterapia e Banco de Sangue do Hospital Sírio Libanês.

Para participar da ação, foi necessário que os interessados se cadastrassem previamente no site http://corinthians.doandosangue.com.br/, disponível entre 5 a 11 de dezembro.

Vale destacar que no evento haverá um número limitado de bolsas e quem não estiver entre os selecionados será convidado a comparecer para doar seu sangue em outros postos oficiais da campanha, entre os dias 12 e 23 de dezembro. Os locais de coleta podem ser conferidos em: http://www.sanguecorinthiano.com.br/onde-doar/.

“É fundamental que as pessoas se conscientizem que doar sangue é um ato de salvar vidas. Esta parceria, serve exatamente para auxiliar no abastecimento dos estoques e, assim, conseguirmos atender as demandas durante as festas de fim de ano”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Como doar

Doações de sangue podem ser feitas por qualquer pessoa saudável, com idade entre 16 e 69 anos, peso acima de 50 kg, com qualquer fator sanguíneo. O tipo “O negativo” é o menos ofertado e também o mais utilizado, por ser universal.

Para doar, basta comparecer a um dos 120 postos de coleta, hemonúcleos ou hemocentros espalhados pelo estado, munido de documento original com foto. É preciso estar bem alimentado e evitar tanto a ingestão de comida gordurosa nas quatro horas que antecedam a doação, quanto o consumo de bebidas alcoólicas 12 horas antes da coleta.

Na ocasião, é realizado um teste rápido de anemia, além da verificação dos sinais vitais e do peso. Na sequência, ocorre uma triagem clínica por meio de entrevista confidencial sobre o estado de saúde, para evitar riscos ao doador e ao receptor.

A relação de pontos de coleta do Estado e outras informações sobre o assunto estão disponíveis no site da Secretaria: www.saude.sp.gov.br/doesangue.

 

COMENTÁRIOS