Saúde e Transportes realizam ação de prevenção ao câncer na Estação Brás

Saúde e Transportes realizam ação de prevenção ao câncer na Estação Brás

 

As Secretarias de Estado da Saúde e de Transportes Metropolitanos se unem novamente em ação preventiva na próxima semana, com foco no “Novembro Azul”, campanha internacional focada na conscientização sobre o câncer de próstata.

Equipes da saúde estarão na estação Brás nos dias 11, 12 e 13 de novembro, entre 11h e 15h, com o objetivo de orientar transeuntes e usuários do Metrô e da CPTM sobre a importância do cuidado com a saúde do homem, especialmente com relação ao câncer de próstata e aos malefícios do consumo de tabaco.

Especialistas do Centro de Referência em Saúde do Homem, da Secretaria Estadual da Saúde, darão  orientações sobre os males da doença, sintomas e fatores de risco, reforçando a importância de atitudes preventivas e do diagnóstico precoce da doença.

A iniciativa contará com a presença de agentes da Coordenadoria de Vigilância Sanitária (CVS), que farão no público a medição de monoximetria – procedimento que calcula o nível de monóxido de carbono absorvido pelo pulmão do fumante –, além de darem orientações sobre os prejuízos do tabagismo para a saúde individual e coletiva.

Sobre o câncer de próstata

É o câncer mais frequente entre os homens, depois do câncer de pele. A doença é confirmada por meio de biópsia, procedimento que pode ser indicado pelo médico urologista diante da constatação de alguma alteração no exame de sangue ou no exame de toque – indicado para homens com idade acima de 50 anos.

O câncer de próstata, na maioria dos casos, cresce de forma lenta e pode não dar sinais. Porém, em outros casos, pode crescer rapidamente, se espalhar para outros órgãos e levar ao óbito. Os sintomas da doença podem incluir dificuldade de urinar, demora para começar e terminar de urinar, diminuição do jato, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite e sangue na urina.

Tabagismo

O tabagismo é reconhecido como uma doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco. O fumo pode causar até 90% de todos os cânceres de pulmão e é um fator de risco significativo para acidentes vasculares e ataques cardíacos.

No Estado de São Paulo, desde 2009 vigora a Lei Antifumo estadual, que combate o tabagismo passivo. A legislação contribui para a saúde pública e permitiu que os ambientes se tornassem mais agradáveis e saudáveis. Estudos demonstram a diminuição de infartos, acidentes vasculares cerebrais e doenças pneumológicas. Acesse http://www.leiantifumo.sp.gov.br/sobre-a-lei/ para saber detalhes sobre a Lei Antifumo.

 

SERVIÇO

Ação de prevenção no “Novembro Azul”

Data: 11, 12 e 13 de novembro
Horário: das 11h às 15h
Local: Estação Brás (Metrô e CPTM)

COMENTÁRIOS