Saúde faz mutirão de testes para HIV e sífilis no pré-Carnaval

Saúde faz mutirão de testes para HIV e sífilis no pré-Carnaval

A Secretaria do Estado de Saúde de São Paulo realiza ação de testagem para HIV e Sífilis no dia 28 de fevereiro, das 9h às 15h30, na plataforma A de ônibus urbano do Jabaquara. Serão oferecidos 400 testes para HIV e Sífilis além da distribuição de autotestes de HIV, preservativos masculinos e femininos e gel lubrificante.

A ação é organizada pelo Centro de Referência e Treinamento DST/Aids-SP, que mobiliza 50 profissionais para atender a população nesse espaço alternativo. O resultado do teste fica disponível no mesmo dia e a retirada deve ocorrer pessoalmente.

O teste rápido para HIV e sífilis pode ser realizado em poucos minutos, facilitando o acesso ao resultado de forma rápida, bem como o início de tratamento especializado, se necessário. Os casos positivos recebem imediatamente encaminhamento para um serviço de referência. Além disso, as equipes atuam no sentido de orientar todos os que realizam o teste sobre as estratégias de prevenção disponíveis no SUS.

O coordenador do Programa Estadual DST/Aids-SP, Artur Kalichman, destaca que os testes são gratuitos, confiáveis e não requerem jejum. “A testagem é indicada para todos que tiverem vida sexual ativa, em especial para a população mais vulnerável, ou seja, homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo, travestis e transexuais”, completa.

Os testes para HIV e Sífilis podem ser realizados o ano todo no locais indicados no site www.crt.saude.sp.gov.br ou pelo serviço Disque DST/aids: 0800 16 25 50.

O terminal Jabaquara está localizado na Rua dos Jequitibás, na zona Sul do hospital.

Autoteste

O Programa Estadual DST/Aids-SP tem investido também na divulgação e distribuição de autotestes. Para o carnaval, foram encaminhados 5 mil autotestes  de HIV para diversas regiões, englobando Ribeirão Preto, Campinas, Piracicaba, Santos, São José do Rio Preto e São Bernardo do Campo, além da capital. Cada localidade programará a distribuição desse novo método em sua rede.

O procedimento é simples, idealizado para ser realizado em casa. Através de uma gota de sangue, obtida do dedo, pode-se obter o resultado em 10 minutos. Se for positivo, é importante procurar um serviço de saúde para confirmação e seguimento assistencial. Por meio do Disque DST/Aids – 0800 16 25 50, é possível saber qual é o serviço mais próximo.

Saber o mais rápido possível o contágio pelo vírus HIV é importante para aumentar a expectativa de vida dos pacientes. Quem busca tratamento especializado no tempo certo e segue as recomendações do médico ganha qualidade de vida. Por isso é importante fazer o teste.

O teste rápido do HIV por fluido oral leva aproximadamente 30 minutos para ser realizado e sua eficácia é igual ao teste tradicional. Todo o processo é feito  de forma cautelosa e sigilosa. “O teste por fluido oral não requer infraestrutura laboratorial, e sua execução, leitura e interpretação são simples”, observa Ivone de Paula, gerente da Área de Prevenção do Programa Estadual DST/Aids-SP.

COMENTÁRIOS