Saúde lista 7 passos que podem prevenir doenças nos rins

Saúde lista 7 passos que podem prevenir doenças nos rins

Problemas podem levar à perda do órgão e necessidade de transplante

Na semana em que se celebra o Dia Mundial do Rim (10 de março), o Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo, unidade da Secretaria de Estado da Saúde gerenciada em parceria com a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina), elaborou sete dicas importantes para a prevenção das doenças renais. As ações têm o objetivo de incentivar e facilitar a educação, a detecção precoce e um estilo de vida saudável para combater o avanço de doenças evitáveis nos rins.

A doença renal crônica é caracterizada pela perda progressiva e irreversível das funções renais. “Sem um diagnóstico preciso e consequentemente sem tratamento adequado, a maioria dos pacientes evoluem para estágio terminal da doença renal, culminando na necessidade da utilização de métodos de substituição das funções dos rins (diálise e transplante de rim) para manutenção da vida”, explica o médico nefrologista e coordenador dos transplantes renais, Diogo Medeiros.

Os desfechos mais alarmantes da doença renal crônica são a mortalidade por doença cardiovascular e a necessidade de transplante.

“Para se ter uma ideia da gravidade do acometimento cardiovascular da doença renal crônica, um jovem de 30 anos que esteja em diálise tem a mesma chance de morrer do coração que um senhor de 70 anos com a função renal esperada para a sua idade”, explica Diogo.

Confira os sete passos para prevenir as doenças renais

1 – Beba muita água. Hidratar o corpo é essencial para o bom funcionamento dos rins e para evitar a formação das chamadas pedras;

2 – Mantenha uma dieta equilibrada e evite excessos de sal, gorduras, carnes vermelhas e doces;

3 – Fique sempre de olho na pressão arterial e no nível de açúcar no sangue;

4 – Pratique exercícios físicos regularmente, seja uma caminhada ou aulas de ginástica e natação sempre na companhia de uma garrafinha de água;

5 – Não use medicamentos sem orientação médica. Alguns medicamentos podem sobrecarregar os rins;

6 – Não fume e evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas;

7 – Faça periodicamente exames de urina e dosagem de creatinina no sangue para checagem do funcionamento dos rins.

COMENTÁRIOS