Saúde promove testagem de sífilis no Terminal Jabaquara

Saúde promove testagem de sífilis no Terminal Jabaquara

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oferta nesta terça-feira, 27 de julho, a partir das 9h, testes gratuitos de sífilis para os frequentadores do Terminal Jabaquara. A finalidade da ação é orientar a população quanto à importância de se prevenir contra a sífilis adquirida e congênita no Estado de São Paulo.

A testagem ocorre na plataforma A do Terminal Jabaquara e é realizada pelo Centro de Referência e Treinamento DST/ Aids, em parceria com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Serão ofertados 500 testes e haverá  distribuição de 7 mil preservativos masculinos, 3 mil preservativos femininos e 5 mil sachês de gel lubrificante.

Nos últimos anos, verifica-se o crescimento no número de casos de sífilis adquirida, ou seja, sexualmente transmitida. Em 2015, foram 25.987 casos em SP, contra 2.685 em 2007. Em todo o período, foram notificados 113.004 casos. A maior parte dos casos foi do sexto masculino (61,3%). A adoção de comportamentos preventivos e a importância do tratamento é fundamental para combater a doença.

Embora também seja prevenível, a sífilis congênita tem aumentado. Foram notificados 28.121 casos de sífilis congênita doença entre 1986 e junho de 2016. O cuidado no pré-natal, bem como o diagnóstico e o tratamento precoces, são essenciais para evitar a propagação da sífilis.

“Cada etapa do processo na linha de cuidado da gestante, especialmente na atenção pré-natal, deve ser rigorosamente cumprida. É fundamental a ampla cobertura na oferta de testes para sífilis e retorno dos resultados em tempo hábil, tratamento adequado para gestante e parceiro sexual, orientação para prática sexual segura e planejamento reprodutivo”, afirma Maria Clara Gianna, coordenadora do Programa Estadual DST/ Aids-SP.

Para obter mais informações sobre sífilis e os serviços especializados disponíveis pelo SUS (Sistema Único de Saúde), basta acessar o  www.crt.saude.sp.gov.br ou ligar para Disque DST/Aids, pelo número 0800-16- 2550, de segunda à sexta-feira, das 8h às 18h.

 

COMENTÁRIOS