Saúde realiza mutirão de testes de HIV e sífilis no Terminal Jabaquara

Saúde realiza mutirão de testes de HIV e sífilis no Terminal Jabaquara

 

Nesta quinta-feira (27), das 9h às 15h30, a Secretaria de Estado da Saúde realiza ação de prevenção e testagem para HIV e sífilis, na plataforma A de ônibus urbano do Jabaquara. Serão ofertados 300 testes, no total, além de 7.200 preservativos masculinos, 1.000 preservativos femininos e 4.000 sachês de gel lubrificante.

A iniciativa é do Centro de Referência e Treinamento DST/Aids-SP, que mobiliza 50 profissionais para a ocasião. O teste rápido pode ser realizado em poucos minutos e possibilita acesso ao seu resultado no mesmo dia.

“Os testes são gratuitos, confiáveis e não requerem jejum”,  informa Artur Kalichman, coordenador do Programa Estadual DST/Aids-SP. “A testagem é indicada para todos que tiverem vida sexual ativa, em especial para a população mais vulnerável, ou seja, homens que fazem sexo com homens, profissionais do sexo, travestis e transexuais”, completa.

Caso seja detectada infecção por sífilis ou HIV, o indivíduo será encaminhado imediatamente para a referência assistencial, dando assim inicio ao tratamento de forma precoce. Se resultado for não reagente, a pessoa pode refletir e gerenciar as estratégias de prevenção disponíveis que melhor se adequam ao seu momento e contextos de vida.

Além do teste, no local também ocorre o “Conversaria Sem Tabu”, que consiste em orientações sobre prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/HIV/Aids) em linguagem simples e acessível para que a população possa perceber seu grau de vulnerabilidade, conhecer possibilidades de prevenção e escolher as mais apropriadas para sua vivência.

Hoje, uma das diretrizes do Programa Estadual de DST/AIDS é a realização/ampliação da testagem nas mais diversas oportunidades, nos serviços de saúde, campanhas e ações extramuros, com vistas ao diagnóstico precoce.

“O teste anti-HIV é visto hoje como uma ferramenta de prevenção e seu resultado é essencial para a prevenção da transmissão vertical do HIV, para a realização de acordos entre casais, para indicação da PEP (profilaxia pós-exposição), para o tratamento como prevenção primária, para a discussão de prevenção combinada e gestão de risco”, ressalta Kalichman.

Os testes pode ser realizado o ano todo. Consulte os serviços no site www.crt.saude.sp.gov.br, ou pelo serviço Disque DST/Aids: 0800 162 550.

COMENTÁRIOS