Saúde reúne Prefeituras de SP para definir estratégias de prevenção à dengue

Saúde reúne Prefeituras de SP para definir estratégias de prevenção à dengue

Com o tema “Desafios da vigilância e controle de Arboviroses – cenário 2020”, cerca de 200 municípios devem participar do encontro estadual que abre a Semana de Mobilização contra o Aedes aegypti

Nesta segunda-feira (10), a Secretaria de Estado da Saúde promove o Encontro Estadual com Gestores Municipais focado na prevenção à dengue, zika e chikungunya. O evento abre a 1ª Semana de Mobilização contra o Aedes aegypti de 2020, que ocorre entre os dias 10 e 14 de fevereiro.

Com base no tema “Desafios da vigilância e controle de Arboviroses – cenário 2020”, aproximadamente 200 Prefeituras poderão compartilhar suas experiências e participar de discussões sobre medidas de vigilância e controle do mosquito Aedes aegypti, transmissor das Arboviroses.

“Este evento destaca a participação imprescindível das Prefeituras de SP no enfrentamento ao Aedes, por meio de ações de campo. Os municípios têm suas particularidades, mas, juntos, podemos criar estratégias efetivas para proteger a população das doenças transmitidas pelo mosquito”, destaca o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

O encontro terá início às 10h, com encerramento às 15h, englobando palestras e mesas de debate sobre assistência ao paciente com suspeita de dengue e ações exitosas no combate ao Aedes (confira a programação abaixo). Autoridades da Saúde Estadual e das pastas municipais participam do evento, além de representantes do Cosems (Conselho de Secretários Municipais de Saúde).

A Semana de Mobilização contra o Aedes visa engajar a sociedade civil, municípios e organizações públicas e privadas em atividades focadas em controlar a proliferação do mosquito.

Programação do Encontro Estadual:

 

Data: 10/02/2020

Horário: 10h às 15h

Local: Anfiteatro da Faculdade de Medicina da USP (Av. Dr. Arnaldo, 455, Cerqueira Cesar, São Paulo)

 

9h às 9h30 – Recepção

10h – Abertura da Semana Estadual de Mobilização contra o Aedes aegypti

 

Mesa 1 – Panorama das Arboviroses Urbanas e Atenção ao Paciente com suspeita de dengue

10h30 – Cenário atual das Arboviroses no Estado de São Paulo – Marcos Boulos, superintendente da Sucen

11h00 – Organização dos serviços de saúde – Vivian Ailt, médica Infectologista da SMS-SP

11h45 – Discussão

 

12h às 13h – Intervalo para almoço

 

Mesa 2 – Interlocução entre Estado e Municípios: lições aprendidas em 2019

13h – Evitando óbitos: informações básicas para o manejo clínico da dengue (vídeoaula com Marcos Boulos)

13h30 – Experiência de São José do Rio Preto– Andreia Francesli Negri Reis, diretora da Vigilância em Saúde de Rio Preto

14h – Experiência de Bauru – Ezequiel Aparecido dos Santos, diretor da Vigilância Epidemiológica de Bauru

14h30 – Interlocução Estado/Municípios

 

15h30 – Encerramento

COMENTÁRIOS