Seis pessoas são contempladas com captação múltipla de órgãos no Hospital de Presidente Prudente

Seis pessoas são contempladas com captação múltipla de órgãos no Hospital de Presidente Prudente

A solidariedade da família que aceitou doar os órgãos do ente querido, um homem de 27 anos, vai salvar a vida de seis pessoas. A captação múltipla de órgãos realizada no Hospital Regional de Presidente Prudente “Dr. Domingos Leonardo Cerávolo” vai ofertar um coração e dois pulmões para três pacientes de São Paulo, um fígado para um paciente de Marília e dois rins para dois pacientes de Marília.

Para o cirurgião cardíaco do Incor, Samuel Padovani, essa conscientização por parte das pessoas é fundamental para que, mesmo diante da dor da perda do familiar, outras vidas sejam salvas.

“Esse coração será ofertado para um paciente que está vivendo através de aparelhos e que, se não conseguisse o órgão, iria a óbito em poucos dias. Essa doação será fundamental para oferecer uma qualidade de vida muito melhor para ele”, pontua Padovani.

Essa é a primeira captação de coração realizada no HR em 2019. Para o coordenador de transplantes da unidade, Dr. Renato Ferrari, essa doação múltipla de vários órgãos difíceis de serem encontrados é um trabalho que deve ser comemorado. “É muito raro você conseguir ofertas todos esses órgãos juntos, de uma só vez. Agradecemos a todos os que estiveram envolvidos nesse trabalho e esperamos que as famílias se conscientizem cada vez mais, pois somente através da aceitação familiar é possível realizar a doação de órgãos”, destaca Ferrari.

Mais de 50 pessoas do Hospital Regional de Presidente Prudente, Instituto do Coração (Incor), Unicamp, Santa Casa de Presidente Prudente e Polícia Militar, estiveram envolvidas para conseguir realizar a captação desses seis órgãos e destiná-los aos seus receptores.

COMENTÁRIOS