SP amplia programa de check-up gratuito para homens com diagnóstico de DSTs

SP amplia programa de check-up gratuito para homens com diagnóstico de DSTs

Serviço complementar ofertará testes de hepatites, sífilis e HIV para cerca de 5 mil pacientes

A Secretaria de Estado da Saúde irá ampliar os serviços do programa  estadual “Filho que ama leva o pai ao AME”, voltado à saúde do homem. Em complemento às consultas e exames já disponíveis, também serão ofertadas testes para diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), a partir deste mês, marcado pela campanha de conscientização sobre o câncer de próstata denominada “Novembro Azul”.

O objetivo do atendimento complementar é garantir, por meio de triagem laboratorial, a investigação de doenças como as hepatites virais, além de sífilis e HIV.

Estima-se que cinco mil homens serão submetidos às avaliações, além de passar pelas consultas e exames já previstos no programa. Os casos positivos serão encaminhados para unidades especializadas da região de residência do paciente, a fim de assegurar o devido tratamento.

Com início no último sábado, 19 de novembro, o atendimento estará disponível, até dezembro, nos 25 AMEs que integram  o programa (veja lista abaixo). A iniciativa conta com custeio extra de aproximadamente R$ 600 mil do governo do Estado.

“Como o programa já oferece avaliações cardiológicas e urológicas ao público masculino, decidimos aproveitar a visita dos pacientes ao médico para garantir, também, a prevenção e o diagnóstico precoce das DSTs”, afirma o secretário de Estado da Saúde, David Uip.

Os exames para detecção de doenças sexualmente transmissíveis também estão disponíveis permanentemente em serviços do SUS, a exemplo dos Centros de Testagem e Aconselhamento (CTAs). Atualmente, há 3,6 mil unidades de saúde cadastradas, em todo o Estado, que oferecem testes de HIV, sífilis e hepatites. A busca pelo serviço mais próximo pode ser feita em consulta pelo link: http://www.saude.sp.gov.br/centro-de-referencia-e-treinamento-dstaids-sp/homepage/acesso-rapido/onde-fazer-o-teste-de-hiv-.

Balanço

Criado pela Secretaria em 2014, o programa oferece check-up gratuito para homens a partir dos 50 anos de idade sem necessidade de encaminhamento médico. Em mais de dois anos, já atendeu 56 mil pessoas em todo o Estado e realizou mais de 133 mil consultas.

Exames preventivos são ofertados nas áreas de enfermagem, cardiologia e urologia. O percentual de diagnósticos de câncer de próstata gira em torno de 3% dos pacientes avaliados.

Os atendimentos ocorrem aos sábados em 25 AMEs (lista abaixo). Para fazer o check-up, basta ligar para o telefone 0800-779-0000 e fornecer os dados pessoais. O agendamento deve ser feito pelo próprio paciente, por telefone, no mês de seu aniversário.

O atendimento é dividido em pelo menos dois sábados. No primeiro, engloba avaliações de peso, altura, risco cardíaco, exames laboratoriais. O retorno ocorre no sábado seguinte, para avaliação dos resultados dos exames. Caso haja alguma anormalidade, o paciente é encaminhado para mais exames, cujo acompanhamento e tratamento já estão inclusos na rotina de atividades do AME.

Os ambulatórios envolvidos no programa funcionam aos sábados das 7h até, no mínimo, 13h. O protocolo de atendimento do programa foi desenvolvido em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia, a Socesp (Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo) e a Sociedade Brasileira de Clínica Médica.

Unidades que integram o programa:

  1. AME Heliópolis (Capital)
  2. CRI Norte (Capital)
  3. AME Mogi das Cruzes
  4. AME Taboão da Serra
  5. AME Carapicuíba
  6. AME Mauá
  7. AME Araçatuba
  8. AME Américo Brasiliense
  9. AME Santos
  10. AME Praia Grande
  11. AME Barretos
  12. AME Bauru
  13. AME Promissão
  14. AME Jundiaí
  15. AME Franca
  16. AME Ourinhos
  17. AME Rio Claro
  18. AME Presidente Prudente
  19. AME São João da Boa Vista
  20. AME Mogi-Guaçu
  21. AME Votuporanga
  22. AME São José do Rio Preto
  23. AME Sorocaba
  24. AME Caraguatatuba
  25. AME Tupã

COMENTÁRIOS