SP entrega novo CAPS em Campinas e amplia rede de clínicas do “Saúde em Ação”

SP entrega novo CAPS em Campinas e amplia rede de clínicas do “Saúde em Ação”

 

 

Nesta sexta-feira (28), mais uma obra do Governo do Estado de São Paulo será entregue cidade de Campinas (SP). O novo CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) do Parque Itália será inaugurado às 10h, com a presença do coordenador do programa Saúde em Ação, Ricardo Tardelli, e do prefeito da cidade, Jonas Donizette.

A obra do CAPS foi iniciada em 2017 e recebeu um investimento de R$ 2,9 milhões, resultado de parceria da Secretaria de Estado da Saúde com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). A nova unidade, que está localizada na avenida Prefeito Faria Lima, 486, no Parque Itália, vai fortalecer a rede de clínicas do programa Saúde em Ação.

“A região de Campinas receberá um número significativo de unidades que fará a diferença na atenção básica da região. Com o médico de família acompanhando o histórico de cada usuário, garantimos uma saúde de qualidade e menos filas nos hospitais”, explica o coordenador do “Saúde em Ação”, Ricardo Tardelli.

No total, para a região estão previstas 76 obras do “Saúde em Ação”, com um investimento de R$ 248 milhões, que inclui a construção e reforma de 49 clínicas do tipo UBS. Até o momento, Campinas foi contemplada com 13 unidades novas e 10 reformas. O programa inclui ainda a construção do AME de Campinas, em andamento.

O programa “Saúde em Ação” prevê obras de construção e reforma de 166 serviços de saúde em cinco regiões do Estado de São Paulo. As obras acontecem nos Vales do Jurumirim e do Ribeira, no Litoral Norte e nas regiões de Campinas e Itapeva. O investimento total é de R$ 826 milhões.

“As novas obras que estamos realizando com o programa facilitam o acesso da população ao SUS, fortalecendo a rede, com ênfase na atenção primária. Essa é uma forma de direcionar a demanda de forma adequada. A intenção é que, com esses novos equipamentos, o cidadão possa a frequentar e criar vínculo as unidades próximas de sua residência”, destaca o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira.

Clínicas “Saúde em Ação”

As unidades são entregues equipadas aos municípios e possuem cada uma delas 359m² de área construída. São consideradas as portas de entrada do SUS, com capacidade de realizar, em média, cerca de 1.800 mil atendimentos por mês, entre consultas médicas e odontológicas.

Além das consultas, os pacientes também poderão receber vacinas, curativos e inalações, além de coletar sangue para exames laboratoriais. Também haverá ações de promoção e prevenção da saúde. As novas unidades contarão com equipes capacitadas para realizarem atendimento humanizado. Do investimento total para o programa, 70% são provenientes do BID e outros 30%, do tesouro estadual.

As regiões beneficiadas pelo projeto foram escolhidas pela Secretaria, após um estudo que analisou as necessidades regionais e o perfil epidemiológico de cada uma.

COMENTÁRIOS