SP leva testagem de hepatite ao Terminal Jabaquara no “Julho Amarelo”

SP leva testagem de hepatite ao Terminal Jabaquara no “Julho Amarelo”

Testes gratuitos serão ofertados na quinta-feira (27); objetivo da ação é incentivar a prevenção e o diagnóstico precoce

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo oferta nesta quinta-feira, 27 de julho, a partir das 9h, testes gratuitos de hepatite para os frequentadores do Terminal Jabaquara. A finalidade é facilitar o acesso ao diagnóstico e estimular a prevenção contra a doença.

A ação ocorre na véspera do Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais, 28 de julho. Cerca de 350 testes para diagnóstico de hepatite C serão disponibilizados, até às 15h, por meio da mobilização de cerca de 30 profissionais do Centro de Vigilância Epidemiológica e do Centro de Referência e Treinamento (CRT) DST/Aids.

A programação especial da Secretaria para a campanha do “Julho Amarelo” começou no dia 15, abrangendo inúmeras atividades de conscientização, prevenção e testagens de hepatites na capital, com alertas também sobre outras doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). Desde então, foram realizados aproximadamente 1,5 mil testes de hepatites B e C, sífilis e HIV.

As testagens foram levadas a diversos pontos da cidade, como a Casa das Rosas, na Avenida Paulista; Paróquia São Joaquim, no Cambuci; Palácio dos Bandeirantes; e no Terminal Jabaquara, com apoio da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU).

As atividades organizadas pela pasta têm como objetivo incentivar a prevenção, pois, nos últimos anos, houve aumento no número de notificações de casos de Hepatite C, que passou de 4,9 mil, em 2014, para 7,6 mil, no ano passado. Por outro lado, os casos de Hepatite B 3,7%, no período, com 3 mil casos em 2016, contra 3,2 mil três anos atrás.

“Esse tipo de ação visa principalmente orientar a popular acerca das hepatites virais, com o objetivo de prevenir e alertar sobre a importância do diagnóstico precoce”, afirma Sirlene Caminada, diretora do Programa Estadual de Hepatites Virais do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria.

 Sobre a doença

A hepatite é uma inflamação do fígado, que pode ser causada por diferentes vírus, uso de remédios, álcool e outras drogas, além de doenças autoimunes, metabólicas e genéticas.  As hepatites virais B e C são provocadas por diferentes vírus e podem ser transmitidas através de relações sexuais, compartilhamento de seringas, agulhas ou uso de materiais para higiene pessoal, como lâminas de barbear, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam. A B também pode ser transmitida de mãe para o filho durante o parto.

Informações sobre local para realizar o teste de hepatite durante todo o ano podem ser consultadas por meio de ligações para o Disque DST/Aids: 0800 162 550.

COMENTÁRIOS