SP libera R$ 3 milhões extras para ajudar o Hospital São Paulo

SP libera R$ 3 milhões extras para ajudar o Hospital São Paulo

Repasse emergencial visa socorrer financeiramente a instituição e evitar a suspensão de cirurgias programadas

O governo do Estado de São Paulo decidiu liberar R$ 3 milhões, em caráter emergencial, para auxiliar o Hospital São Paulo, vinculado à Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

O repasse tem como finalidade socorrer financeiramente a instituição e evitar que cirurgias previamente programadas sejam suspensas ou canceladas.

Em 2014 a Secretaria de Estado da Saúde também fez um repasse emergencial, de R$ 5 milhões, para ajudar o Hospital São Paulo.

A pasta já envia ao hospital anualmente R$ 56 milhões com recursos extras, exclusivos do tesouro estadual, de forma absolutamente voluntária, como subvenção para custeio dos serviços. São valores pagos à parte, além do que o serviço já recebe do SUS (Sistema Único de Saúde) para atendimento aos pacientes da rede pública.

Além disso, a Secretaria, desde 2012, repassou para a instituição cerca de R$ 10 milhões para investimentos em obras de reforma e ampliação, por meio do seu Programa de Modernização dos Hospitais Universitários.

Os valores estão sendo empregados para a modernização de diversas alas, como Centro Obstétrico, a Unidade Terapia Intensiva Pediátrica,  as unidades de Internação e Terapia Intensiva da Cardiologia.

Com o investimento estadual o Hospital São Paulo entregou, em setembro de 2013, as novas instalações de sua enfermaria de ortopedia e, em abril de 2014, o novo centro de cardiologia, totalmente modernizado, com 21 leitos, dos quais 10 de enfermaria, seis de UTI (um de isolamento) e cinco de pós-operatório.

COMENTÁRIOS