SP prorroga até dia 31 vacinação contra paralisia infantil e sarampo

SP prorroga até dia 31 vacinação contra paralisia infantil e sarampo

Mais de 4,1 milhões de doses foram aplicadas na campanha até agora

            A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo decidiu indicar a prorrogação da campanha de vacinação contra a paralisia infantil (poliomielite) e sarampo por mais duas semanas, com o intuito de ampliar a imunização de crianças contra essas doenças no Estado.

Até o momento, foram aplicadas mais de 4,1 milhões de doses de vacinas em todo o Estado, das quais 2,2 milhões de doses contra a paralisia infantil e 1,9 milhão contra o sarampo.

Com a prorrogação, o encerramento da campanha está previsto para dia 31 de dezembro. No total, 4,7 mil serviços de saúde oferecem as duas vacinas em todo o Estado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

É recomendável que os pais e responsáveis verifiquem se haverá expediente e qual o horário de funcionamento dos postos de saúde no último dia do ano em seus municípios.

A vacina contra o sarampo deve ser aplicada em crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 anos. Já a da poliomelite é indicada para bebês com mais de seis meses e menos de 5 anos.

Não há registro de casos de paralisia infantil em SP há 26 anos, e desde 2000 não existem casos autóctones de sarampo no Estado.

“A vacinação é a forma mais eficaz para a prevenção contra o sarampo e a poliomielite. Por isso, é importante que pais e responsáveis aproveitem a prorrogação do prazo de encerramento da campanha para levar as crianças à unidade de saúde mais próxima de sua residência”, destaca Helena Sato, diretora de Imunização da Secretaria.

COMENTÁRIOS