SP tem mobilização de combate ao Aedes aegypti no “Dia Mundial da Limpeza”

SP tem mobilização de combate ao Aedes aegypti no “Dia Mundial da Limpeza”

 

 

Neste sábado (21), Dia Mundial da Limpeza, acontece uma grande mobilização de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya. As ações integram as Secretarias de Estado da Saúde e de Infraestrutura e Meio Ambiente, Instituto Limpa Brasil e municípios.

A data visa incentivar a realização de atividades coletivas, com o objetivo de retirar das ruas lixo, sujeira e resíduos prejudicais ao meio ambiente e à população, que podem inclusive servir de criadouro para o Aedes.

As ações acontecem em todo o país. No Estado de São Paulo, 150 cidades já programaram suas ações.

Na capital, as atividades começam às 8h da manhã com abertura no Parque Villa Lobos, e se estenderão para cerca de 60 pontos da cidade, em parceria com a Prefeitura. Na Praça João Mendes, localizada no Centro, mais 500 voluntários vão se engajar no “plogging”, modalidade de corrida onde os praticantes colhem o lixo presente durante o percurso. Já no “Limpa Lapa”, mais de 300 voluntários realizaram mutirão de limpeza pelas principais ruas do bairro e no entorno do Mercadão Municipal da Lapa.

“O acúmulo de entulho, lixo, água parada é um cenário ideal para a proliferação do mosquito Aedes aegypti. Manter o meio ambiente limpo e preservado contribui para a saúde coletiva e, por isso, pedimos a colaboração de toda a população”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann.

Mais detalhes e agenda completa das atividades podem ser consultadas no site www.limpabrasil.org.

Em 2018, o Dia Mundial da Limpeza uniu cerca de 18 milhões de pessoas, em 157 países, que realizaram a limpeza simultânea em suas localidades. Foram 363 cidades brasileiras participantes e 200 mil voluntários engajados na atividade. O resultado foi o recolhimento de 2 mil toneladas de resíduos de praias, rios, praças, parques, avenidas, ruas e terrenos.

COMENTÁRIOS