SP tem mutirão para diagnóstico de catarata neste sábado

SP tem mutirão para diagnóstico de catarata neste sábado

Hospital Geral de Taipas, na zona norte, realizará 400 atendimentos de pessoas a partir dos 60 anos de idade, sem necessidade de agendamento prévio

         A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo promove neste sábado, 1º de novembro, um mutirão para diagnóstico de catarata em idosos a partir dos 60 anos. Será no Hospital Geral de Taipas, na zona Norte da capital paulista, a partir das 8h.

Não é necessário agendamento prévio para participar do mutirão. Serão distribuídas 400 senhas para triagem. Portadores de necessidades especiais serão atendidos prioritariamente.

Caso a demanda pelo serviço seja superior ao número de senhas, os pacientes terão seus nomes e contatos anotados para o posterior agendamento de consultas no ambulatório de oftalmologia do próprio hospital.

Os pacientes que forem diagnosticados com catarata e tiverem indicação de cirurgia serão encaminhados para realização do procedimento no Hospital de Taipas. Já pacientes com patologias oculares associadas ao glaucoma, retina e outras alterações oculares serão encaminhados para atendimento nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) municipais.

“Estamos promovendo este mutirão com o objetivo de agilizar o diagnóstico e a realização de cirurgias de catarata, evitando casos de cegueira por meio da otimização e da agilidade do tratamento oferecido à população”, diz Andrea Ottoni Sales Aldrighi, diretora do hospital.

O Hospital Geral de Taipas fica na Avenida Elísio Teixeira Leite, 6.999, em Parada de Taipas, zona Norte da capital.

COMENTÁRIOS