Tempo seco favorece aumento de doenças respiratórias e de pele

Tempo seco favorece aumento de doenças respiratórias e de pele

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo faz um alerta à população em relação ao tempo seco, pois a baixa umidade do ar favorece o aumento de alergias respiratórias e de pele, principalmente em crianças, idosos e portadores de doenças crônicas.

Balanço feito pela pasta mostra que cerca de 60% das internações realizadas anualmente em decorrência de doenças respiratórias concentram-se entre os meses de março e agosto, período que abrange outono e inverno, estações com menor incidência de chuva e queda na umidade do ar.  Em 2016, foram 236 mil internações do tipo e, desse total, 137 mil ocorreram nesse intervalo de seis meses.

A prevenção contra as doenças respiratórias, como a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), asma e pneumonia é fundamental durante todo o ano e deve ser redobrada nesse período. A rinite alérgica, por exemplo, pode ser agravada em razão da falta de umidade no ar.

Em todos os casos, podem ser tomados cuidados simples, mas eficazes com a saúde, como  aumentar a ingestão de líquido, fazer inalação e lavar o nariz com soro fisiológico. “O tempo seco causa ressecamento das vias aéreas e viabiliza a proliferação de vírus e agravamento de doenças e alergias respiratórias, como asma, que pode ser tanto crônica, quanto alérgica. A ingestão de água e permanência em locais ventilados são ótimas maneiras de prevenção”, informa o pneumologista do Ambulatório Médico de Especialidades (AME) Barradas, Fábio Muchão,

Além da hidratação oral, é importante hidratar o corpo. Pessoas com pele mais sensível, que tenham doenças de pele ou pré-disposição a desenvolvê-las também podem ter agravamento de sintomas durante o clima seco. “A ingestão de água e uso de hidratantes corporais é indispensável. O hidratante não pode faltar no tratamento da pele, mesmo que seja necessário utiliza-lo várias vezes ao dia”, afirma a coordenadora do setor de dermatologia do AME Barradas, Bhertha Tamura.

A médica destaca ainda a necessidade da hidratação corporal para os idosos pois, com o avanço da idade, as pessoas tendem a perder a oleosidade da pele, favorecendo o ressecamento. Portadores de doenças de pele crônicas, como dermatite atópica e ceratose tendem a ter seu quadro agravado e devem sempre procurar a orientação de seus médicos para tratamentos específicos.

Dicas para evitar agravamento de doenças de pele durante o tempo seco:

– Beba bastante água, pelo menos 2 litros por dia;

– Use hidratante corporal todos os dias, principalmente após o banho. Se necessário, utilize várias vezes ao dia;

– Com o ressecamento, ocorrem coceiras na pele. Evite coçar-se, pois pode causar inflamações ou até mesmo infecções;

– Evite tomar banhos demorados, com água muito quente;

– Em caso de ressecamento severo da pele, procure seu dermatologista;

 

Dicas para evitar doenças respiratórias durante o tempo seco:

– Evite locais totalmente fechados;

– Cubra a boca com um lenço quando for espirrar;

– Beba muita água, pelo menos 2 litros por dia;

– Mantenha a carteira de vacinação em dia;

– Lave o nariz com e faça inalação com soro fisiológico.

COMENTÁRIOS