Veja cuidados a serem tomados após doação de sangue

Veja cuidados a serem tomados após doação de sangue

Você sabia que uma doação de sangue pode salvar até quatro vidas? Por isso, é importante fazer sua parte e ajudar. Doar sangue é mais simples do que você imagina.

Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde, ir alimentado, ter entre 16 e 69 anos (para menores, consultar site da Pró-Sangue), pesar mais de 50 kg e trazer documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

O presidente da Fundação Pró-Sangue, Dr. Vanderson Rocha, explica que é recomendável evitar alimentos gordurosos nas quatro horas que antecedem a doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes: “Se a pessoa estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apta à doação.”

Confira as orientações para seguir depois que doar sangue:

1. Antes de deixar o banco de sangue, permaneça sentado por, pelo menos, 15 minutos. Coma e beba o lanche oferecido.

2. Tome quantidades extras de líquidos nas primeiras 24 horas após a doação. Isto ajudará na reposição do volume perdido durante a doação. Esta medida é particularmente importante nas primeiras 4 horas após a doação.

3. Evite subidas pesadas e exercícios físicos extenuantes por 12 horas. Esta conduta previne sangramentos e ajuda na cicatrização do local onde a agulha foi colocada. Também permite que seu corpo se ajuste à perda de volume ocorrida na doação.

4. Mantenha o curativo no local da agulha por, no mínimo, 4 horas. Se você notar que o local voltou a sangrar, aplique uma pressão sobre o local por 2-5 minutos e então troque a curativo, mantendo-o por mais 4 horas.

5. Se, após deixar o banco de sangue, você sentir mal-estar, tontura, fraqueza e sensação de que vai desmaiar, sente-se em qualquer local e coloque a cabeça entre os joelhos ou então, deite imediatamente no chão com as pernas elevadas. Estas medidas evitam quedas da própria altura e aumentam a circulação de sangue na cabeça, aliviando rapidamente os sintomas.

6. Se você acha que existe uma razão pela qual o seu sangue não deve ser utilizado para transfusão e você não pode ou não quis dizer isto durante a doação, entre em contato o mais breve possível com a Pró-Sangue e solicite que seu sangue seja descartado. O descarte será totalmente confidencial. Isto é de grande importância para a segurança da transfusão do sangue que você doou e dos pacientes que recebem seu sangue.

Na ocorrência de febre, diarreia ou outro sintoma de doença infecciosa até sete dias após a doação, comunicar imediatamente a Fundação Pró-Sangue pelos telefones (11) 4573-7800 ou 4573-7500, ramais 7594 ou 7599.

Agende sua doação

Para garantir um atendimento eficiente e rápido, a Fundação Pró-Sangue oferece aos doadores duas opções para doar sangue com hora marcada. “Eu sempre tive dificuldades em doar sangue por conta do horário de trabalho. Agora descobri que é possível fazer agendamento para doar, facilitou muito minha vida”, diz Pedro Ruiz, que doou sangue pela primeira vez após fazer agendamento pelo 0800 da Pró-Sangue.

COMENTÁRIOS