Volta às aulas: veja dicas para compor a lancheira da crianças

Volta às aulas: veja dicas para compor a lancheira da crianças

Com a aproximação da volta às aulas, os pais e responsáveis pelos alunos têm uma série de providências a tomar, e uma das mais importantes é com a alimentação dos pequenos. Por não estarem presentes no momento das refeições, muitos pais optam por preparam pessoalmente a lancheira dos filhos.

Para ajudar nessa tarefa e garantir uma alimentação saudável e nutritiva, a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, criou o livro “Alimentação Escolar – promovendo a saúde do futuro”, gratuito para download, com receitas saborosas e diversificadas.

De acordo com Sizele Rodrigues, nutricionista da Codeagro, o Brasil tem uma média de 33,5% de crianças acima do peso e 14,3% com obesidade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), um dos problemas de saúde pública mais graves no mundo.

Na fase escolar, a alimentação deve ser cuidadosa para evitar problemas como diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares no futuro.

Ao montar a lancheira, prefira opções mais saudáveis e coloridas. Em relação às porções, a quantidade deve ser a mesma que a criança come em casa, para que não fique sobrecarregada e tenha energia para se concentrar nas tarefas.

Segundo a médica Elisabete Almeida, coordenadora do programa, um bom lanche entre as refeições, principalmente no intervalo entre as aulas, garante o um bom funcionamento do metabolismo, digestão e absorção dos nutrientes.

Ela alerta que os lanches devem conter pelo menos um alimento rico em proteínas, um alimento rico em carboidratos e um alimento de origem vegetal, podendo ser frutas, verduras ou legumes.

Ela observa que os lanches intermediários da manhã e tarde, devem suprir de 10% a 15 % das necessidades nutricionais diárias, variando conforme o consumo alimentar nas demais refeições principais.

“É importante também incluir uma garrafa de água para que a criança possa consumir durante a aula, garantindo a necessária hidratação”, diz a especialista.

Veja abaixo 15 dicas de como montar uma lancheira saudável e deliciosa para seu filho:

  1. Substitua alimentos industrializados por alimentos integrais e com menos teor de sal e açúcar;
  2. No lugar do néctar de fruta opte por iogurte com geleia;
  3. No lugar de bolacha recheada escolha cookies integrais;
  4. Para fazer sucos naturais escolha frutas com maior tempo de oxidação: manga, abacaxi, goiaba, maracujá e acerola;
  5. Faça o suco no horário mais próximo de a criança ir para a escola;
  6. Misture frutas doces com cítricas para que não precise colocar açúcar;
  7. Se não der para fazer o suco natural, escolha líquidos como: chás, sucos de caixinha sem açúcar ou conservantes, água de coco e até mesmo água comum;
  8. Na hora de colocar frutas na lancheira, diversifique com melancia, melão, manga, uva etc;
  9. Lave bem as frutas antes de colocar na lancheira;
  10. Para que não oxide muito rápido, corte a fruta em gomos e envolva-os em plástico filme;
  11. Sempre varie no corte das frutas para que a criança se interesse em comer;
  12. Coloque uma fonte de carboidrato: pão, biscoito, torta, bolo etc (optar por integrais e caseiros);
  13. Coloque uma fonte de proteína: queijo, iogurte, atum ou frango (como recheio para tortas e lanches);
  14. Cuidado com os industrializados, olhe a rotulagem antes de comprar e evite os que tenham como primeiro ingrediente sal, açúcar e gordura;
  15. Em vez de comprar batata frita ou bolacha recheada, prefira cookies integrais e mix de castanhas, que são mais saudáveis.

COMENTÁRIOS